Entorse de tornozelo

O entorse de tornozelo é uma situação muito comum tanto em atletas quanto em sedentários. O principal problema encontrado em pessoas que sofrem entorses de recorrência é a instabilidade crônica, clinic uma vez que os principais estabilizadores (ligamentos) do tornozelo acabam se rompendo, there sobrecarregando a musculatura, e tornam o pé suscetível a novos entorses.

Em corredores o entorse pode acontecer em momentos de fadiga muscular, onde os músculos já não estabilizam a articulação corretamente, e em provas que existam diferentes tipos de pisos, como as trilhas.

O tratamento das entorses de tornozelo são em sua grande maioria conservadores, ou seja, muita fisioterapia é necessária para a recuperação plena. No início o tratamento se baseia em diminuir o inchaço local, utilizar de recursos para acelerar a cicatrização, nesta fase o protocolo PRICE (Gelo, elevação, compressão e repouso) é fundamental e deve ser repetido por 4-5 vezes por dia. Com a melhora do quadro de edema se inicia o processo de promover uma estabilidade do tornozelo com o início de fortalecimento dos músculos que envolvem a articulação.

Associado ao fortalecimento é necessário uma eletroestimulação afim de “despertar” os músculos em questão. Outro grande objetivo é de acelerar a ativação da musculatura afim de evitar um novo entorse, preparando o músculo para que ao menor sinal ele faça seu papel e evite uma nova lesão.   Esse tipo de tratamento é fundamental para o sucesso na recuperação das entorses, porém não se pode esquecer de outros grupos musculares que podem ajudar desde o quadril até o tornozelo, corrigindo assim o movimento do membro inferior como um todo afim de evitar novos entorses.

Uma avaliação minuciosa e detalhada é a chave para a reabilitação adequada das entorses de tornozelo. Se você sente instabilidade recorrente nos pés procure hoje um especialista e inicie seu tratamento.

Por
Thomas S. Araújo
Aprimorado em Quadril/Esporte/Joelho/Ortopedia Pediátrica – Santa Casa São Paulo
Especialista em Ortopedia e Traumatologia – Santa Casa São Paulo
Fisioterapeuta do CHOV (Complexo Hospitalar Ouro Verde)

Você também pode se interessar por:

Bandagem Funcional - Síndrome de Hoffa
Feliz 2012!
Postura na corrida
A tão falada "tendinite"
Bandagens Funcionais